A realidade do Metaverso e quais impactos ele trará para a sociedade

A relação entre o mundo real e o digital vem se transformando aceleradamente nos últimos anos.

Em outubro de 2021, Mark Zuckerberg anunciou que mudaria o nome corporativo do Facebook para Meta. O termo faz referência ao Metaverso, que segundo Zuckerberg, será “a nova fronteira da tecnologia”.
Gigantes da tecnologia estão apostando nesse novo universo digital que promete transformar nossa experiência online e a forma como vivemos.

O que é Metaverso?

O Metaverso será um novo espaço de mundos interconectados que integra o mundo real e virtual, na prática, é um ambiente digital imersivo construído por meio de diversas tecnologias, como:

1. Realidade Virtual:

É um ambiente tridimensional construído por meio de softwares, que utiliza de efeitos visuais e sonoros no qual é possível simular de forma virtual, um ambiente real, sendo possível que o usuário possa interagir com o que está vendo.

2. Realidade Aumentada:

Diferente da Realidade virtual, que leva o usuário para dentro do mundo virtual, a Realidade Aumentada faz o oposto, é uma tecnologia que insere dados virtuais no mundo real, o objetivo é acrescentar elementos de forma que aumente como a realidade é vista usando um dispositivo digital. Um exemplo de aplicativo que utiliza a RA (Realidade aumentada) é o game Pokémon Go. que permite que os usuários usem a realidade aumentada para encontrar e capturar Pokémons em cenários da vida real.

 

Como surgiu o Metaverso?

A palavra Metaverso apareceu pela primeira vez em 1992, no livro de ficção científica Snow Crash, de Neal Stephenson. No livro, humanos interagem em ambiente virtual, sendo representados por avatares onde podem compartilhar experiências em tempo real uns com os outros.

 

Quais impactos o Metaverso trará para a Sociedade?

O Metaverso será a próxima grande virada na evolução da internet e abrirá novas possibilidades para o trabalho, as compras, o estudo e o lazer, influenciando a forma como nos relacionamos com o mundo e uns com os outros. Além disso, o Metaverso deve impactar a inovação e o marketing empresarial, promete também avanços na ciência e na medicina, dado a grande conectividade e possibilidades de interação, facilitando a colaboração científica.
Atualmente, já existem algumas realizações do metaverso com a tecnologia disponível. O jogo Fortnite, da Epic Games, realizou um show virtual para mais de um milhão de pessoas.
Nossa sociedade certamente será impactada pelo Metaverso. Viagens de negócios serão substituídas por avatares realistas e reuniões virtuais. A educação será transformada, podendo alcançar estudantes em locais remotos e viabilizar ofertas educacionais de alta qualidade. Existe também um potencial sustentável, uma vez que as atividades serão remotas, o tráfego físico será reduzido e os bens tendem a se tornar cada vez mais virtualizados. Além da oportunidade de ganhar dinheiro no metaverso.
No entanto, também há riscos para a saúde mental e física. É necessário que as leis e a ética acompanhem as transformações sociais e existe também a preocupação com a ampliação da vigilância, coleta de informações e dados.

 

O que esperar do Metaverso?

A proposta do metaverso vai além dos jogos online, a ideia é que todos os aspectos da “vida real” da pessoa – lazer, trabalho, relacionamentos, estudo e outros não sejam apenas observadores do virtual, mas façam parte dele e vice-versa.

O Metaverso criará uma nova camada virtual não delimitada pelas leis do mundo físico, configurada para aumentar a realidade e permitir novas aplicações, que resultarão em uma nova versão da nossa vida cotidiana e nossa sociedade. O prazo para sua implementação total ainda é longo – talvez mais de uma década. Porém, tecnologias como o 5G estão abrindo caminho para o Metaverso.

Precisa de ajuda?